Os Chakras

Os chakras são vórtices de energia, localizados no duplo etérico,que captam a energia vital e a distribuem para o corpo, mantendo nossas funções físicas.

São centros de força, verdadeiros metabolizadores com forma espiralada que possuem hélices girando no sentido do relógio.

Esses vórtices emitem não só energia mas padrões de consciência.

Tudo isso é distribuído ao corpo através das glândulas endócrinas.

Os chakras também são dispositivos que “sentem” a energia e nos informam sobre o mundo à nossa volta.

O descontrole ou obstrução do chakra pode atingir nossa energia vital e nosso psiquismo, trazendo consequências para a saúde e a vida. Já o seu bom funcionamento estimula o auto-conhecimento e a realização não só na vida material como na espiritual.

Os principais chakras totalizam um número de sete: Básico, Umbilical, Plexo Solar, Cardíaco, Laríngeo, Frontal e Coronário. Cada um deles com funções e propriedades definidas, além de associações a diversos órgãos e glândulas.

Acompanhe, semanalmente, nossas postagens com a descrição detalhada de cada um dos chakras e como mantê-los, sempre, equilibrados!

Na próxima semana: O Chakra Básico.

Não percam!

Anúncios

4 pensamentos sobre “Os Chakras

    • Digamos que são centros de captação e emissão de energia. E, pelo fato de serem associados a algumas glândulas e órgãos do corpo, eles são, também uma espécie de dispositivo que mostra o que ocorre com nosso corpo físico e astral.
      Há muitas definições sobre os chakras, eles são complexos demais para serem sintetizados. Mas, são excelentes pontos a serem trabalhados e equilibrados.
      Nos próximos artigos direi como! 😉

      • Tenho algumas questões a fazer especificamente sobre o diabetes. Sabendo eu que meu diabetes é de origem kármica, queria que vc me respondesse:

        !) o diabetes é detonado, fisiologicamente, por uma reação autoimune do nosso corpo, que entende o pâncreas como algo “estranho”, destruindo suas principais estruturas funcionais, principalmente as que produzem a insulina. A que chakra o pâncreas está ligado?

        2) como se manifesta, a nível de chakras, uma reação autoimune (o “fogo amigo”)?? É por obstrução ou hiperatividade??

        3) Como refazer o caminho de volta, segundo as Terapias Vibracionais, nesse caso? Há alguma forma de fazer o corpo, a nível gênico, através dos chakras, reconstruir o que ele mesmo destruiu??

        Afinal, ele “sabia” o que estava destruindo…se não soubesse, teria destruido meu pâncreas inteiro, podendo levar a uma lesão (pancreatite) e consequente câncer maligno.

        Se quiser escrever sobre esse assunto a nível terapêutico mais abrangente, diga e eu aguardo…

        Bjss!

      • Boa noite!
        Respondendo, de forma resumida, suas perguntas, o que posso adiantar é que o chakra que abrange a região do pâncreas é o 3º Chakra, o Plexo Solar. Esse chakra está relacionado à sua auto-estima, seu ego, às questões que você possa digerir ou não. Dentro da Metafísica da Saúde, o quadro de diabetes é causado por algo que nós, Terapeutas Complementares, colocamos como “Falta de Doçura na Vida”. Amarguras, falta de alegrias, insatisfações e diversos sentimentos e sensações podem ser a causa. Fora a análise do pâncreas, isoladamente, dentro da Metafísica da Saúde.
        Certamente, você consegue restabelecer esse quadro a um nível considerado sadio, tendo em vista que as disfunções que atingem o corpo físico, têm suas origens no campo energético. O que demanda uma análise dos seus padrões de pensamento, padrões da vida que possa estar levando, hábitos alimentares e uma ampla gama de possibilidades sem, no entanto, vale ressaltar, abrir mão das técnicas da medicina alopática.
        O Plexo Solar, suas disfunções e forma de reequilibrá-lo serão discutidos em uma postagem mais abrangente em breve e, aproveitando a questão levantada, em breve discutiremos, no blog, a Metafísica da Saúde, doenças como a Diabetes e os desequilíbrios energéticos que podem afetar órgãos como o pâncreas.
        Lembre-se que, na verdade, não trata-se de uma destruição que o corpo possa estar ocasionando mas, sim, uma somatização de tudo aquilo que se acumulou em nível energético e emocional e acabou sendo extravasado de alguma forma!.
        Beijos e continue nos acompanhando!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s